Browsing Tag

pintura

Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

3 ideias de DIY para cada cômodo

vasinho de suculenta diy

vasinho de suculenta diy

Oi gente! Como uma boa apaixonada por decoração barata e ideias de faça você mesmo, eu sempre penso muito antes de comprar algo pronto. E também, levo em consideração se, em vez de gastar horrores com algum móvel ou reforma, há outra forma mais barata de decorar a casa. Eu reuni neste post 3 ideias de DIY para cada cômodo da casa, coisas fáceis que você pode fazer hoje mesmo.

Continue Reading

Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

Antes e depois: como renovar cômoda antiga

cômoda antiga renovada

cômoda antiga renovada

Oi gente! Hoje eu vim mostrar pra vocês um “antes e depois” que ficou maravilhoso! Eu renovei uma cômoda antiga com tinta e papel de parede, acredita? Dá uma olhadinha como fiz e como ficou um móvel totalmente moderno!

Eu tenho esta cômoda desde quando nasci e ela me acompanha até hoje. Gosto do modelo dela mas confesso que não curtia muito a cor da madeira. Antes de pensar em doar, tentei dar uma chance pra ela e renovar, para que ela combinasse com os móveis do meu home office. (ainda vou fazer um post falando sobre eles!).

Continue Reading

Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

Tudo sobre o Isolare para madeiras

tudo-sobre-isolare-madeira

Oi gente, tudo bem? Se tem uma coisa que a gente adora é pintar, né?! Mas tem vezes que a pintura não fica perfeita e não tem o acabamento que a gente espera. Então hoje eu vou falar sobre como pintar madeira de forma uniforme e o produto que faz isto é o Isolare.

Primeiro eu preciso dizer que não estou ganhando nada com este post, que na verdade é uma experiência que tivemos e resolvi compartilhar. Sabe quando você pinta uma madeira e a cor não cobre direito? Ou então quando os ‘nós’ da madeira ficam aparentes e não tem jeito de cobrir eles?

Isto acontece porque algumas madeiras, por exemplo Pinus, Ipê ou Itaúba possuem uma resina natural que pode manchar na hora da pintar, ou até fazer com que a cor não fique uniforme.


Vou dar um exemplo: nós fizemos uma moldura ao redor de nossas janelas com Pinus tratado. Porém, como queríamos pintar a janela de branco, também iríamos pintar esta moldura de branco. Mas, mesmo que a gente aplicasse várias demãos de tinta, ela nunca ficaria uniforme por causa desta resina da madeira e também por ser tratada. Olha como era esta “moldura”:

tudo-sobre-isolare-madeira

Esta foto é do “antes” da nossa casa. Eu já mostrei o antes e depois da fachada da nossa casa aqui no blog, se você não viu, corre lá pra ver porque ficou linda! E quem fez toda esta mudança foi meu pai. Aproveita e repara na madeira da moldura das janelas, ficou uniforme e bem branquinha, né? Olha só como ficou:

tudo-sobre-isolare-madeira

Isto aconteceu porque usamos um produto chamado ISOLARE, da marca Montana. Ele é incolor e funciona como uma barreira contra a resina da madeira, fazendo com que a tinta fique uniforme e a cor bem fechada, sem aparecer as imperfeições da madeira.



Eu fiz um teste em um pedaço de madeira pra mostrar como fica o resultado com e sem Isolare, olha só como ficou após aplicar 1 demão em cada uma das partes:

tudo-sobre-isolare-madeira
tudo-sobre-isolare-madeira

A diferente entre o Isolare e um selador é que o Isolare isola a resina da madeira, ou seja: ele penetra na madeira e barra a resina para que ela não venha para fora. Uma dica é aplicar Isolare em toda madeira que será pintada e aplicar MAIS VEZES nos ‘nós’ da madeira, já que é o local mais difícil de cobrir com tinta.



Eu não conhecia este produto e achei genial, fiquei realmente surpresa de ver como ficou o resultado com apenas 1 demão de tinta branca.Agora me conta, vocês já conheciam este produto?

Bjo bjo

Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

Minha parede da sala: antes e depois

Oi gente, tudo bem por aí? Eu fiz uma pequena mudança aqui na sala de casa e resolvi mostrar pra vocês como ficou porque mudou MUITO o ambiente.

Já faz alguns anos que nós havíamos instalado o tecido de parede de tijolinhos, até já fiz um post bem completo aqui mostrando como instalar. Mas, por ser vermelho, com o tempo fui enjoando de ver ele todo santo dia, ainda mais que é na sala, né! Ou seja: você vê toda hora.

Continue Reading

Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

DIY: como fazer parede de cimento queimado

Oi gente! Hoje vim falar sobre mais uma etapa do nosso futuro quarto: a parede de cimento queimado! Vou falar como fiz o passo a passo e também dicas do que NÃO FAZER. hehe

Nem sempre tudo dá certo. Às vezes a gente olha tutoriais na internet e acha que é capaz de fazer tudo de primeira. Mas nem sempre dá. Foi o caso da parede de cimento queimado aqui de casa. Mas antes que você desista de ler este post, calma que no fim deu certo e posso estufar o peito e dizer: foi eu que fiz! E agora tenho um lema pra vida: MELHOR FEITO DO QUE PERFEITO.

Parede antes:

Parede depois:

 

MATERIAIS UTILIZADOS

. Massa acrílica (1 lata)
. Corante preto líquido
. espátula
. Desempenadeira arredondada (especial para efeito na parede)
. Lixa 400
OBS 1: comprei 1 lata de massa acrílica mas para render utilizei mais meia lata de massa corrida misturada. Por quê não usei só massa corrida? Porque a massa acrílica é mais resistente à umidade e esta parede tinha umidade.
OBS 2: trabalhar com a desempenadeira não é fácil, demora até você pegar o jeito. Tem gente que fazer com esponja e confesso que deu vontade de tentar, quem sabe você tenta com esponja (que sai bem mais barato) e, caso não fique legal, compre a desempenadeira.
 

OBS 3: não utilize desempenadeira quadrada, ela precisa ter os cantos arredondados para não deixar marcas estranhas no efeito. Esta desempenadeira pagamos R$56 (FACADA) e confesso que deveria ter primeiro tentado com esponja antes de investir nela.

PASSO A PASSO

1. Misture a massa acrílica com o corante. Eu fiz a mistura de meia lata de massa com corante em uma bacia pois não tinha ideia de quanto iria utilizar. Misture bem para ficar bem homogênea e não ficar nenhuma parte preta. Coloquei o corante à olho, pingando alguma gotas e misturando.
 

ERRO MEU: não misturei muito bem na primeira demão e algumas partes ficaram marcadas de preto na parede (imagem abaixo), depois tive que corrigir na segunda demão. Coloquei corante demais na primeira vez, vá colocando aos poucos para não ficar muito escuro.

2. Após misturado, com a espátula coloque um pouco de massa na desempenadeira. Aqui nada se perde: enquanto que você vai aplicando na parede, com a espátula retire o excesso que fica ao redor da desempenadeira pois este excesso pode secar e acabar arranhando a parede na hora de aplicar.

Parede na 1ª demão

3. Comece a aplicação DE CIMA PARA BAIXO e faça aplicações generosas. No início demora pra pegar o jeito com a desempenadeira, faça movimentos de meia lua sempre para o mesmo lado. Evite formação de bolha, se necessário, passe a desempenadeira novamente no mesmo local para corrigir.

ERRO MEU 1: apliquei pouca massa na primeira demão e ficou muito ‘ralinho’, aparecendo a parede. Ficou horrível e me bateu um desespero. Então seja mais generoso na aplicação. Na verdade eu sou um pouco mão de vaca e sempre quero economizar, mas não faça isto! Se não, não ficará muito legal.
 

ERRO MEU 2: comecei aplicando de baixo pra cima e, com isto, a parte de baixo secava antes. O problema é que a parte de baixo da desempenadeira raspava na parte já seca e isto estragava o efeito (imagem abaixo). Por isto comece de cima pra baixo para não correr este risco.

 

4. Deixei secar de um dia para outro. Na segunda demão fiz uma mistura do resto da meia lata de massa acrílica + meia lata de massa corrida + corante para render. Nossa parede tem 3,50 de largura e apliquei em uma área de mais ou menos 2 mt de altura. Se sua área é menor, 1 lata será suficiente. Se você perceber, não apliquei em toda parede porque na parte de baixo terá a cabeceira em toda a extensão da parede.
Aplicando 2ª demão

5. Aplique no mesmo sentido que você aplicou a primeira demão. Em algumas partes aplique camadas mais grossas.

6. Para fazer nos cantos, utilize a espátula e finalize com a desempenadeira.
Efeito depois da lixa

7. Após secar a segunda demão, é hora de lixar! Mas é só uma lixadinha de leve e é nesta hora que vai aparecer o efeito do cimento queimado. Lixe com movimentos circulares para não riscar.

8. Passe um pano úmido para retirar o pó da lixa. E está pronto!
Efeito com a cera molhada

9. Para dar um acabamento melhor, comprei uma cera de assoalho e apliquei, mas não deu brilho, parece que apenas ‘selou’ a massa, entende? Mas não há necessidade de aplicar pois depois de lixar ela ficará bem lisinha. Enquanto a cera está molhada a cor fica bem escura mas depois clareia.

 

Agora vamos ao vídeo:
O efeito da nossa ficou bem discreto mas confesso que não queria muito manchado e nem tão escuro já que todas as paredes do quarto também são pintadas e tem o adesivo de parede.

Acho que ficou discreto mas lindo, o que acharam? me contem!!

Bjo bjo
Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY Minha casa

Tudo sobre moldura de isopor para casa

Oi gente! Não vejo a hora de terminar a reforma do nosso quarto. Eu tô registrando tudo lá no instagram do blog e em breve vai ter vídeo de cada etapa, vai acompanhando aí. E uma das coisas que vamos botar é a moldura de isopor no teto. Não sabe o que é? CALMA!!!

Se você não sabe da reforma ou então o porquê da gente estar fazendo esta reforma e invertendo os quartos lá de casa, te aconselho a assistir este vídeo aqui:
A reforma tá indo devagar porque a gente faz só nas horas vagas. A primeira coisa que fizemos foi aplicar massa corrida nas paredes para deixá-las lisinhas, já que nossas paredes são bem ásperas. Pensa no trabalhão, mas tá valendo a pena! Vai ter vídeo sobre isto, calma! Como nossa casa não tem teto rebaixado de gesso e eu nem penso em fazer, eu pensei em colocar rodateto para deixar um acabamento mais bonito.

LEIA TAMBÉM: Inspirações para nosso novo quarto


O QUE É

Como não queremos investir uma fortuna em rodateto de gesso, eu descobri as molduras de isopor. Perguntei lá no Instagram do blog sobre elas e fiquei bem feliz porque vários seguidores vieram falar que tem esta moldura e que indicam elas.

Se você pesquisar no Google, irá encontrar diversas empresas que trabalham com este tipo de moldura de isopor. Para começar, a palavra ‘isopor’ é o nome comercial, o certo é poliestireno.

Entre estes modelos de molduras para usar internamente, as mais comuns são:

poliestireno extrudado (isopor expandido): para ser usada no teto
poliuretano injetado: para ser utilizada no roda meio
poliestireno extrudado de alta densidade: para ser utilizada nos rodapés por ser mais resistente.
Existe também modelos para serem utilizados na área externa, como beirada de janelas e detalhes em muros, mas vamos focar só nos modelos internos, ok! rsrs

VANTAGENS

O resultado é muito parecido com as molduras de gesso, porém são bem mais baratas, fáceis de instalar e sem sujeira. VOCÊ MESMO PODE INSTALAR! E é o que vamos fazer lá em casa assim que as paredes estiverem prontas.

Outra vantagem é fazer iluminação embutida de spot, para casa sem teto rebaixado de gesso. Eu até fiz um post aqui no blog falando como ter uma iluminação agradável sem teto de gesso. Olha que legal estas ideias abaixo, acho que na nossa sala vou fazer algo do tipo:

 

COMO COMPRAR

O ideal é você já comprar as peças cortadas. Vi lugares que vendem ela reta, sem acabamento (aquele chanfrado no canto para unir as peças) então você precisaria de uma caixa de corte (gabarito) para cortá-las e não acho que seja a melhor forma, caso você nunca tenha feito. Este modelo é o que compramos, modelo de 3 degraus:

Nós compramos as nossas prontas e já cortadas. Compramos no site Moldutec, passei as medidas do nosso quarto, quantos cantos possui, escolhi o modelo desejado e pronto! As peças nesta empresa são de 1mt cada, não sei como são as medidas nas outras empresas. Eu fiz a compra pelo whatsapp, foi super fácil e rápido.

COMO APLICAR

Caso você compre as peças sem acabamento:
Ferramentas e materiais
–  1 caixa de corte (gabarito)
–  1 serrinha
–  1 espátula de ferro
–  1 balde com água
–  1 esponja
–  1 cola (pode ser Decoflair Gart ou Cascorez extra adesiva PVA)
–  moldura de sua preferencia
 
Caso você compre as peças sem acabamento (se comprar com acabamento, pule para o 2º passo):
1º passo: corte 
–  meça a parede (comprimento), acrescentando 10% de perda
–  coloque a moldura na parede e marque uma linha guia
–  marque na moldura o lado do corte (direito/esquerdo)
–  coloque na caixa de corte (gabarito),  virando a moldura de cabeça para baixo, e corte com a serrinha
 
2º passo: aplicação 
–  aplique a cola na parte frisada da moldura
–  pressione a moldura contra a parede
–  remova o excesso de cola com a espátula
–  limpe com a esponja úmida
–  após 6 horas, lixe as emendas (com lixa fina) e pinte com tinta à base de água
A colocação de roda meios deve seguir os mesmos passos. Veja o vídeo de passo a passo aqui.
No caso do nosso modelo, como falei, ele já veio cortado e eu aconselho você já comprar cortado para não ter erro.

PREÇO

As molduras de isopor são muito mais baratas que as de gesso. Nesta empresa que compramos o modelo mais simples é R$3,20 o metro. O modelo que compramos é de 3 degraus e tem 6 cm de largura, saiu por R$4,50 o metro + frete. Você encontra peças de isopor mais caras mas elas já vem pintadas ou lisas, com acabamento em massa. Esta que compramos vem crua, ou seja: tem aquele aspecto de isopor:

 

DICAS

. Calcule a quantidade um pouco a mais do que você precisa. Como as peças vem em metro, peça alguns metros a mais para eventuais cortes ou erros de cálculos.
. Aplique em dias quentes.

. No nosso caso a moldura possui textura de isopor, o ideal é diluir massa corrida ou acrílica com pouca água até ficar uma tinta grossa e aplicar com pincel nas molduras. Após secar, lixar com lixa grana 220 para tirar a marca do pincel. Se quiser, pode pintar em seguida com tinta látex ou acrílica à base de água. Após pintura, lixar a tinta novamente para tirar a marca do pincel. A pintura pode ser feita antes de instalar.

Agora só resta aplicar o nosso e vai ter vídeo de passo a passo, viu! Acompanhe o Instagram e o Facebook do blog para não perder nenhuma atualização da reforma, já estamos na pintura das paredes! Ah, lá no Pinterest do blog tem várias inspirações que separei para nosso novo quarto, dá uma olhadinha também!

Gostaram da dica? Já conheciam a moldura de isopor? Me conta o que você achou!

Bjo bjo

Fonte imagens: Moldutec

Fonte informação: Moldutec e Leroy Merlin
Decoração Dicas para casa Faça você mesmo - DIY

Meter a mão na massa: por onde começar?

Eu estou orgulhosa de mim e admito isto. Orgulhosa de tudo que já sei fazer, de tudo que sou capaz e sei que tenho muito a aprender ainda. Mas, vejo algumas gurias dizendo “ah como eu queria saber fazer” ou “nunca saberia fazer isto”. Por isto hoje eu vim te dizer que SIM, você PODE meter a mão na massa também!

Eu vejo cada vez mais gurias se aventurando e se interessando por fazer as coisas com as próprias mãos, principalmente quando se trata de coisas do “universo masculino”, digamos assim. Eu já falei aqui no blog que não tem mais esta de “coisa de mulher” e “coisa de homem”, né? Você pode ver na postagem Sobre ser mulher sem ser mulherzinha.

Mas, hoje em dia nós mulheres queremos ter esta independência e principalmente ter prazer e dizer “fui eu que fiz”. É um orgulho imenso você terminar um trabalho e ver como ficou legal! Mas, claro, às vezes não sai exatamente como queríamos e acabamos nos frustrando.

Até pouco tempo atrás eu nem sabia usar a furadeira! E contei tudo isto no vídeo sobre como usar a furadeira, dá uma olhadinha lá. Por isto, eu quero dar algumas dicas para quem quer começar a meter a mão na massa mas tem medo de errar.

PRIMEIRA DICA: TENTE E ERRE

Sim, você tem que aprender que pode errar e você só vai saber se é capaz TENTANDO. Algumas pessoas nascem com dom de pintar, desenhar, costurar.. E outras (nós!) aprendemos isto tudo fazendo na prática.

Por mais que pareça batido o que vou falar mas você só aprende PRATICANDO. Comece com coisas fáceis como, por exemplo, pintar um pallet. Uma das primeiras coisas que fiz lá em casa foi o Pallet de canecas e fiquei dias lixando e pintando ele, foi uma satisfação ver ele pronto.

Vá com calma, lixe bem, escolha uma tinta à base d’água (pois é mais fácil de trabalhar) e pinte. Pinte muitas coisas. Teste com pincel ou com rolinho e veja o que você prefere. Passe uma, duas, três demãos e veja qual resultado fica melhor. Mas TENTE.

E comece com coisas pequenas, não vá logo pintando parede. Se quiser ver, eu fiz um post de dicas de como pintar (ou não) uma parede.

SEGUNDA DICA: PEÇA AUXÍLIO

Desde pequena vi meu pai fazendo tudo lá em casa mas o máximo que cheguei a fazer foi aprender a pintar. Nunca tinha mexido com ferramentas (principalmente elétricas) até sair de casa e resolver fazer as coisas aqui em casa. E tudo que aprendi foi com dicas do meu pai via Whatsapp, apoio do Will e pesquisas no Google.

Se você tem alguém que possa te auxiliar, peça que esta pessoa te ensine a usar as ferramentas pois tem algumas bem perigosas. A Serra Mármore, por exemplo, eu ainda não me arrisco a usar. Caso você não saiba que ferramentas usar, eu já fiz um post bem legal falando sobre 4 ferramentas elétricas que você precisa ter.

TERCEIRA DICA: PERCA O MEDO

O medo é algo que nos impede de começar algo novo ou seguir em frente com algum projeto. Em relação à meter a mão na massa, temos medo de se machucar, fazer errado, estragar alguma coisa ou até mesmo ter gasto dinheiro com os materiais e no fim ver que não deu certo.

Por isto, comece com coisas que você tem em casa, coisas que iria para o lixo, materiais baratinhos que você possa testar suas habilidades. Perca o medo e encare, você vai ver que sensação maravilhosa quando conseguir!

QUARTA DICA: NÃO DESANIME

Quantas e quantas vezes cheguei em casa, fui tentar fazer algo e deu errado. Chorei horrores dizendo “eu não sirvo pra isto, eu sou uma perdedora”… E toda vez que eu resolvia fazer algo empolgada Will olhava pra mim e falava “não vai se frustrar depois…” Dito e feito.

Enfim, o que quero dizer é que no início vai dar tudo errado, grandes chances de isto acontecer se você for distraída, impaciente e estressada que nem eu. Hehehe Por isto, não desanime! Uma hora vai dar certo. Respire, pense o que você pode fazer diferente e tente de novo.

Eu aprendi a ter paciência na hora de fazer um DIY e às vezes até me surpreendo comigo mesma de tão paciente que sou para isto! rsrs Agora me conta por que você não começou a meter a mão na massa ainda? Vamos lá!! Comece hoje e conta pra gente como foi!



E se você quer ver mais dicas sobre isto, deixe suas sugestões aqui nos comentários!
 
 
bjo bjo
Decoração Dicas para casa Minha casa

Eu comecei a aceitar minha casa

Oi gente! Quem acompanha o blog sabe que quando compramos a nossa casa, ela era usada já. E quem compra uma casa usada sabe que ela vem com
muitas coisas que poderiam ser diferentes. E mesmo não gostando de algumas coisas, eu comecei a aceitar a minha casa.

Se quiser ler mais sobre a história da nossa casa,
você pode ver no post sobre comprar uma casa usada. Faz 3 anos que moramos nela e eu sempre fiquei agoniada
para mudar praticamente tudo nela: piso irregular e riscado, portas dos quartos
que estão estragadas, paredes irregulares, todo o banheiro, trocar os armários
da cozinha, trocar a grama, mudar a fachada e aumentar a sala. Pouca coisa,
não?! rsrs
Sabemos que não é possível realizar estas reformas
agora, ainda mais que uma reforma depende da outra. Mas, com o tempo, fui
parando de reclamar, parando de olhar as coisas que queria mudar nela e passei
a perceber as alegrias que ela me dá: Will, meus cachorros e Netflix (haha sou
sincera).

Mas falando sério, eu amo minha casa. Tenho minhas desavenças com ela, às vezes penso que queria voltar a morar em um apartamento só porque seria mais fácil de cuidar mas graças à Deus este pensamento logo sai da minha cabeça. Porque eu sei que não sou uma pessoa de apartamento: eu sou uma pessoa de pátio, de pisar na grama, de querer ficar na cerca conversando com o vizinho, de ter cachorro solto e de poder receber amigos sem se preocupar se estou infringindo alguma norma de condomínio.

Eu sou uma pessoa que cresceu em casa, na grama, criando anticorpos e sobrevivendo (rsrsrs). E quero isto para meu filho, quando tiver. Quero que meu filho brinque na rua, ande de bicicleta e tenha pátio pra correr. E agradeço por morar em um bairro residencial que me proporciona isto tudo.

E por causa disto eu quero listar tudo que amo na minha casa usada:

. Tem um pátio com grama (que aqui em SC é
tão raro, acho que o pessoal não gosta de grama);
. Ela é bem espaçosa, até o banheiro é enorme;
. O box do banheiro é de vidro, era meu sonho;
. Nosso quarto é enorme, não preciso quebrar a cabeça pra botar móveis;
. Ela tem 3 quartos;
. O tamanho do terreno é ótimo com possibilidade de
modificar e aumentar a casa e garagem;
. Ela é toda cercada e murada, bem protegida;
. O bairro é ótimo e tranquilo;
. Os vizinhos são uns amores (além de serem babás
dos nossos dogs, cuidam quando nosso portão abre sozinho rsrs);
. Não sofro por falta de tomadas (sério, tem muitas, isto é uma coisa que às vezes não damos bola);
. A casa é uma tela em branco, esperando decidirmos
as cores e a decoração;
. Ela tem espaço para colocar uma piscina e fazer salão de festa;
. Temos uma despensa ótima para guardar tudo;
. As janelas novas que colocamos são lindas e grandes;
. Por causa das janelas resolvemos o problema da umidade;
. É nossa, este é o maior motivo de amar ela.

Enfim, estas são alguns motivos que me fazem gostar da nossa casa, com certeza tem outros pequenos detalhes que eu não me lembro agora. Antes de comprar a casa eu fiz uma série de posts chamado “atrás da casa própria” onde falo tudo que passamos até encontrar a casa que queríamos, além de dicas para você que está atrás da sua também:
. Atrás da casa própria: começando!
. Atrás da casa própria: minha casa, minha vida
. Atrás da casa própria: construir ou comprar pronta?
. Atrás da casa própria: um desabafo e uma dica valiosa!
. Atrás da casa própria: sonho alcançado!
. Atrás da casa própria: o financiamento

Agora me contem, vocês também querem mudar muito algo em sua casa? Ou não mudariam nada?

Bjo bjo