Dicas para casa

Não peça demissão hoje

Este é um típico post sobre pensar na vida. Mas não na dos outros, na sua mesmo. Você faz o que gosta? Ou gosta do que faz? A maior parte da nossa vida passamos trabalhando, você já se deu conta? E perder este precioso tempo com algo que você não gosta, não vale à pena.


Claro, muitas coisas entram em questão: salário, benefícios, localização, colegas legais mas, no fundinho, você odeia o que faz. Será mesmo? Ou será que você quer acreditar que poderia fazer outra coisa?
A vida inteira a gente é forçado a seguir uma carreira, almejar um lugar para ficar anos trabalhando ou até conseguir emprego em uma grande empresa com nome conhecido. Mas por que encher a cabeça com isto se você gosta do que faz? E só porque você está num emprego legal, fazendo algo que te faz feliz, não quer dizer que você seja acomodado por não querer mudar.
Eu sempre tive muita dúvida sobre o que “eu quero ser”. Faço faculdade de Publicidade e desde quando a gente entra na universidade os professores te ensinam e te moldam para trabalhar em agências de publicidade. É o sonho de todo publicitário passar por uma agência. Ou talvez eles te fazem acreditar que seja este seu sonho. A experiência pode ser boa, mas todos são unânimes: agência paga mal, o publicitário quase nunca é valorizado, é cansativo, é pressão o tempo todo e o rodízio de pessoas é constante….e eu não quis isto para minha vida. Descobri que posso atuar em publicidade trabalhando em outro lugar sem ser em uma agência.
E hoje eu gosto do que faço mas não sei se faço o que gosto, entende? Se alguém me desse a chance de escolher o que eu quero fazer, eu diria não sei. Não sei o que gostaria de trabalhar mas percebi que sempre acabo gostando do que eu faço, me adapto aos lugares.
E te digo mais: não é errado nem o fim do mundo querer ficar onde você está hoje. 
Por isto, pense bem antes de seguir o que os outros te dizem ou então antes de exigir mais de si mesmo. Se você está realmente feliz assim, isto não é comodidade mas sim tranquilidade.

You Might Also Like

8 Comments

  • Reply
    Gabriela Flores
    julho 9, 2014 at 1:23 am

    Adorei! Eu passo por esses dilemas às vezes. Mas a gente faz isso pq da muita importância para o q os outros vão pensar….

    • Reply
      Renata Becker Wentz
      julho 9, 2014 at 5:48 pm

      Gabi, é bem isto mesmo, damos mta importância para a opinião do outro e deixamos de ser felizes…

      bjo

  • Reply
    Valéria Carmo
    julho 9, 2014 at 11:07 am

    Re concordo com vc as vezes nos importamos mais com a opinião dos outros do que com o que realmente sentimos, temos que analisar nossa escolhas e ver o que realmente é melhor….

    http://cantinhonailha.blogspot.com.br/

    • Reply
      Renata Becker Wentz
      julho 9, 2014 at 11:15 am

      oi Valéria!

      bem isso, sempre pensamos no q os outros pensam e não no q a gente quer…bjo

  • Reply
    Grasi
    julho 11, 2014 at 3:38 pm

    Renata, eu sou do lar e é incrível como as pessoas se incomodam com isso!
    Sou por opção, e porque acho que não daria conta de casa, marido e trabalho.
    Mas as pessoas sempre se importam mais com o que elas acham do que com o que nós queremos ou sentimos.
    Adorei o post.

    sobradoquatro.blogspot.com.br
    Beijos!

    • Reply
      Renata Becker Wentz
      julho 11, 2014 at 6:44 pm

      oi Grasi, é incrível mesmo….as pessoas acham q a casa não dá nenhum trabalho né? É muito chato ter q aguentar o pessoal se metendo assim né, mas na real ninguém sabe o porquê da sua opção, não deveriam ficar opinando 😉

      bjo

  • Reply
    Anônimo
    julho 11, 2014 at 4:12 pm

    Adorei o post. Graças a Deus hoje faço o que gosto e rodei muito pra poder me encontrar.
    Beijos
    http://www.decorarepreciso.com.br/blog

    • Reply
      Renata Becker Wentz
      julho 11, 2014 at 6:45 pm

      ahhh guria q delicia, graças a Deus, é tao bom quando temos a certeza do q queremos 🙂 bjo

    Leave a Reply